Zerando Minha Steam – Semana 6 – Resonance - Nerdaiada

Zerando Minha Steam – Semana 6 – Resonance
fev
26

Zerando Minha Steam – Semana 6 – Resonance

Resonance_04-1024x710

Dessa vez eu zerei Resonance! E portanto, minhas considerações sobre o final do jogo podem conter certa quantidade de spoiler. Eu vou tentar me manter minimamente neutro e não falar sobre os acontecimentos do jogo tão abertamente, mas claro que alguns detalhes gerais sobre a história dele e os momentos finais estarão presentes.

Quanto as considerações finais. Devo dizer que em matéria de história, Resonance me satisfez completamente. O final dele é bem redondinho, fecha todos os ganchos da história. Inclusive coisas que eu pensei que nem mais apareceriam no jogo. Claro que como todo bom jogo de mistério, thriller científico e afins, tinha que ter um plot twist no meio dele. Na verdade, esse plot twist é meio que preparado já na metade do jogo. O jogador sabe muito antes de realmente acontecer, que a traição vai ser algo colocado em pauta na história.

Alguém desatento pode prestar atenção nos indícios de que algum personagem não é o que aparenta e tomar como certo de que ele irá se mostrar um babaca. Mas normalmente isso é apenas um artifício, um bem fuleiro pra ser sincero, para fazer quem está experimentando a história olhar par ao lado errado. Então, obviamente, quem o jogo aponta como um traidor, nem de longe o era. Eu já sabia disso e pouco antes do verdadeiro traidor se revelar, imaginei logo quem ele era. Não se trata de esperteza nem nada do tipo. É que como eu sou escritor, as vezes fica mais claro do que deveria o “pra onde as coisas estão se encaminhando”.

2016-02-25_00003

Mas isso não fez com que o plot twist do jogo perdesse a força. Eu já imaginava quem era o traidor, verdade, mas não fazia ideia do que ele pretendia e do que ele iria fazer quando sua traição se revelasse. Eu realmente não imaginava a morte de um dos personagens. E numa sequencia muito bem feita, diga-se de passagem. Na verdade, fiquei até perto do fim do jogo pensando. Não, não morreu de verdade, mostrou rápido a cena, deve ter pego só de raspão e eu não saquei. Mas não. Foi o que aconteceu mesmo.

E aí, com um personagem morto e outro fugido e indo executar um plano que poderia levar a morte de muitas pessoas, só restou aos dois remanescentes tentarem dar um jeito de resolver a situação. Foi bem interessante essa parte do jogo, pois a dinâmica dos personagens e da história mudou bastante, bem como dos objetivos deles. Sempre tinha uma sensação de urgência, de que as coisas precisavam ser resolvidas logo, embora não houvesse nenhum contador nem nada do tipo, apenas o clima da história.

No entanto, nesta parte também teve minha maior crítica. Acontece que no último terço de Resonance, alguns puzzles que podiam ser “perdidos” se você fizesse a coisa errada, meio que mostrava uma animação “rebobinando” os acontecimentos em vez de uma tela de Game Over. Olha, essa foi uma ideia genial, mas a execução me deixou ainda mais irritado do que se mostrasse uma tela preta dizendo “você perdeu”.

2016-02-25_00008

Acho que uma das piores coisas num jogo é passar a impressão para o jogador que ele está perdendo tempo. Esse efeito de “perda de tempo” pode ser causado de diversas formas. Algo mais difícil do que deveria. Um CG que não pode ser pulado e vem logo depois de um save point. Animações em batalhas que sempre se repetem e demoram mais do que o combate em si.

No caso de Resonance, teve momentos que eu senti – e muito – que eu estava perdendo tempo. Nessas partes em que o jogo “rebobinava o puzzle”, as vezes eu precisava ver vários segundos da cena voltando para trás. Várias e várias vezes. A depender da situação, não é tão ruim, mas acontece que nos puzzles em que isso aconteceu, era bem fácil errar uma coisinha dentro de uma sequencia grande de ações que precisam ser tomadas e então ter que ver isso do jogo rebobinando. Isso me irritou profundamente. Isso e quando eu ativava umas alavancas e tinha que ver todas as vezes o efeito que elas causavam de baixar caixa, ativar ponte, subir caixa, desativar ponte. Pode parecer besteira, afinal são apenas uns segundos, mas dentro de uma sequencia longa, irritam pra caralho.

Apesar desse porém, eu recomendo muito o jogo. Ele não tem os melhores gráficos e não tem a melhor resolução. Mas na combinação das diversas características que um jogo precisa possuir, ele acerta bem. E não é caro. Então, vale a pena mesmo pra quem gosta do gênero.

Nota Final: 7,5

Tempo total de jogo: 9 horas

Total do zerando minha steam: 17 horas

About Renan Barcellos

Na maioria das vezes escritor, Renan também é estudante de jornalismo e programador. Mas na verdade tenta fazer tanta coisa diferente que nem sabe o que colocar aqui.

Leave a comment

Procurar

Facebook

Nerdaiada no Twitter

Error code 89: Invalid or expired token.