Zelda: Breath of the Wild consegue 30 FPS em 4 K no Cemu e já está ‘COMPLETAMENTE JOGÁVEL’ - Nerdaiada

Zelda: Breath of the Wild consegue 30 FPS em 4 K no Cemu e já está ‘COMPLETAMENTE JOGÁVEL’
abr
04

Zelda: Breath of the Wild consegue 30 FPS em 4 K no Cemu e já está ‘COMPLETAMENTE JOGÁVEL’

O momento da espera finalmente terminou!!

Cinco dias antes do lançamento do jogo, quando a versão para Wii U já havia vazado, era possível acessar os menus do game no Cemu e nada mais do que isso. Depois, três dias após o lançamento, The Legend of Zelda: Breath of the Wild já estava rodando no emulador, mesmo que injogável, com framerate baixíssimo e uma série de bugs e glitches. Pouco mais de duas semanas, um grande avanço foi feito, e uma prévia da versão 1.7.4 do Cemu postada pelos desenvolvedores mostrava o jogo rodando a 30 frames por segundo (com slowdowns) com uma série de problemas resolvidos.

E agora, pouco mais de um mês após o lançamento oficial do jogo para Switch e Wii U, o usuário YamGaming postou um vídeo de The Legend of Zelda: Breath of the Wild rodando a maravilhosos 30 frames por segundo e resolução 4K, num estado descrito por ele como “completamente jogável e possível de terminar”.

O vídeo destaca os principais pontos que foram definitivamente resolvidos no jogo, como a grama que agora funciona da maneira correta, a água que não está mais invisível onde é possível nadar, o fato dos pés de Link não serem mais engolidos pelo chão e os objetos que podem ser travados, congelados ou movidos a seu bel-prazer. É possível notar alguns glitches aqui e ali, além de quedas no framerate em algumas cenas específicas.

Confira:

E a thumbnail do vídeo já entrega: as especificações da máquina de YamGaming não são nada simples. Ele conta com uma CPU Intel Core i7 6700k rodando a 4.3GHz, 16GB de RAM e uma Nvidia Geforce GTX 1070, além de uma série de configurações que tiveram de ser feitas manualmente para atingir o nível de emulação visto acima. Todo o trabalho com as configurações é detalhado neste guia (em inglês).

A versão 1.7.4 do Cemu só foi liberada para os contribuintes do Patreon do emulador há dois dias, portanto, a menos que YamGaming faça um walkthrough completo do novo Zelda, ainda não é possível dizer que o jogo pode ser terminado. Porém, devido à qualidade que observamos acima, podemos crer que o jogo não está muito longe do estado descrito por ele, pelo menos para as suas configurações, já que no Megathread do jogo no subReddit do Cemu há diversos depoimentos de quedas abaixo dos 20fps, problemas com câmera e problemas mais graves com placas de vídeo da AMD.

Não sei o que fazer senão bater palmas para a equipe de desenvolvimento do Cemu. Que trabalho espetacular.

About Luis Guedes

Formado na área de Design Gráfico, cozinheiro nas horas livres e sempre está atrás de uma novidade.

Leave a comment

Procurar

Facebook

Nerdaiada no Twitter

Error code 89: Invalid or expired token.